sábado, 9 de março de 2013

9° PASSO

“Fizemos reparações diretas a tais pessoas, sempre que possível, exceto quando fazê-lo pudesse prejudicá-las ou a outras.”

Este passado não deve ser evitado. Se assim fizemos, reservando em nosso programa, um espaço para a recaída. Às vezes, o orgulho, o medo e a procrastinação parecem uma barreira intransponível ; obstruem o caminho do processo do crescimento. O importante é para a ação, e estarmos prontos para aceitarmos as reações das pessoas que prejudicamos.
Descobrimos que a boa vontade pode substituis a ação.
Queremos nos livrar da culpa mas não queremos fazê-lo à custa de outra pessoa.
É necessário reber orientação frequentemente neste assunto.
Aceitamos que foram nossas ações que causaram nossa atitude negativa.
Às vezes, a única maneira de fazermos reparações é contribuímos para a sociedade. Agora estamos ajudando a nós mesmos e a outros adictos em recuperarem . Esta é uma enorme reparação a sociedade.